UM HOMEM SÉRIO (2009)

O filme conta a história de Larry, um professor de física na Universidade de Midwestern, que recebe a notícia de que a sua esposa está deixando-o porque se apaixonou por outro, Sy Ableman. A família nos traz personagens conflituosos como o seu irmão Arthur que dorme no sofá, o filho Danny que é problemático e rebelde e sua filha Sarah que frequentemente rouba dinheiro de sua carteira para uma plástica no nariz.

O filme é cheio de referências bíblicas e é uma obra para poucos. Quem não estiver familiarizado com a religião judaica pode estranhar certos nomes e tradições que aparecem durante a trama. Entretanto, isto não interfere para quem assiste, pois o filme ao mesmo tempo que tem seu lado religioso também tem seu toque cômico e dramático.

Pode-se observar a luta constante e desesperada do personagem principal em tentar manter a calma mesmo sendo posto para fora de casa e com seus filhos gastando seu dinheiro de forma desenfreada. O personagem principal tenta friamente manter sua sanidade mental perante tantas coisas ruins que a vida está lhe proporcionando.

Há uma contraposição entre a fé em Deus e os homens sérios, que não acreditam em nada. Existe uma dualidade entre esses dois mundos que é muito marcante durante a narrativa.

Um homem sério é um filme sobre perspectivas e, mais do que isso, é um filme que nos mostra que realmente nem tudo há um motivo para ser e que simplesmente devemos aceitar as coisas com simplicidade, da forma que elas são mesmo se não fizerem tanto sentido assim de início.

 

4/5
Um comentário Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *